primeiros passos com Python - variáveis, entrada e saída 🐍




Esse será o primeiro de uma sequência de artigos referentes ao Python, que atualmente para nós profissionais de redes/infra é uma skill mais que necessária para competir com as melhores posições do mercado. Os artigos que irei compartilar fazem parte da minha base de anotações e qualquer sugestão fique a vontade para entrar em contato comigo no LinkedIn ou pelo e-mail contato@maxaddress.com.br.

Pegue o seu café, abra o seu terminal e vamos começar...


Temos uma linha de código onde a função print é usada para exibir a mensagem na tela:


Ou ainda, usada para exibir o valor de uma variável:


Acima a variável a recebe o valor 10. Em seguida, mandei exibir na tela o conteúdo de a.

Podemos, também, pedir uma informação ao usuário. A função input é usada para isto:


Agora que vimos alguns pontos importantes do Python, os objetivos nesse artigo são:

  • Criar e usar variáveis.
  • Identificar e classificar os diversos tipos de dados que serão utilizados em seus programas.
  • Realizar operações de entrada e saída de dados

Muitas vezes, em nossos programas precisamos reservar espaço na memória para guardar valores que o programa acessará e modificará.

Esse espaço de memória, devidamente rotulado por um nome (identificador), chamamos de variável.

Quando o espaço de memória possui um valor que não será modificado durante o programa, o chamamos de constante.

Quando queremos guardar um dado na memória, devemos classificá-lo de acordo com o seu tipo. Pense nos conjuntos matemáticos, tais como inteiros, reais...

VARIÁVEIS E IDENTIFICADORES

Uma variável tem um nome (identificador) que está associado a um espaço em memória que armazena um valor.

Uma variável pode receber diferentes valores durante a execução de um programa, por isso o nome “variável”.


Exemplo 0:


Como podemos ver guardamos dentro da variável de nome num, primeiro o valor numérico 1 e depois essa variável recebeu o número 2.

num 1️⃣

num 2️⃣


Exemplo 1:


Como podemos ver no segundo exemplo, os valores são atribuídos às variáveis usando o operador de atribuição (=).

Um nome ou identificador de uma variável é formado por uma sequência de um ou mais caracteres, mas existem algumas regras.

REGRAS

  • Pode conter apenas letras, dígitos e underscores (sublinhas);
  • Pode começar por uma letra ou underscore;
  • Não é permitido o uso de outros caracteres especiais (por exemplo, espaço);
  • Não é permitido o uso de palavras reservadas da linguagem a ser utilizada;
  • O identificador deve ser conciso, porém descritivo (idade é melhor que i, tamanho_nome é melhor que tamanho_do_nome_da_pessoa).


PALAVRAS RESERVADAS NO PYTHON

O Python possui um conjunto de palavras-chave que são palavras reservadas que não podem ser usadas como nomes de variáveis, nomes de funções ou qualquer outro identificador: